<META content="MSHTML 6.00.2900.2604" name=GENERATOR><!-- --><style type="text/css">@import url(https://www.blogger.com/static/v1/v-css/navbar/3334278262-classic.css); div.b-mobile {display:none;} </style> </HEAD><BODY><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d8940721423393911285\x26blogName\x3dCoisas+de+uma+Chef\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLUE\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://coisasdeumachef.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://coisasdeumachef.blogspot.com/\x26vt\x3d8704643840310654996', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
segunda-feira, 26 de março de 2012
Bate Papo com Sabor



O projeto Bate Papo com Sabor foi idealizado pelo conceituado Chef Carlos Pita e acontece desde 2006 em renomados restaurantes de Belo Horizonte e região metropolitana.
O evento reune admiradores da gastronomia e tem cardápio e carta de bebidas bem variados para diferentes paladares. Tudo isso, num ambiente descontraído, com muito bate papo e boa música.

Para comemorar os cinco anos de sucesso do projeto, o chef Carlos Pita lançou no final do ano passado um livro com as deliciosas receitas apresentadas no mesmo.

O objetivo da criação do Bate Papo com Sabor pelo chef Carlos Pita foi promover uma noite diferenciada e agradável às pessoas que apreciam gastronomia. O sucesso do projeto é notório! Em cinco anos, ou 1825 dias, foram 80 edições realizadas e mais de 500 pratos servidos. 

Para presentear os leitores com o melhor da gastronomia servida nos encontros, o autor escolheu 80 pratos, entre os que foram mais apreciados pelos participantes, para compor as páginas do saboroso livro “Bate papo com Sabor: projeto gastronômico”.

E para me presentear, acabo de adquirir um exemplar do livro que está lindo.Já decretei que no próximo final de semana não quero ser importunada por nada! Nada melhor que uma boa leitura sobre meu assunto preferido: gastronomia!





Marcadores:








quarta-feira, 21 de março de 2012
Cozinha móvel



Desde que o Cuecas na Cozinha publicou esta foto no Facebook eu não durmo mais. Sonho acordada com uma cozinha como esta!

Pra levar pro sítio, pra casa de praia, pra colocar na beirada da piscina.... Ou pra levar pra onde quiser! Amei e se tornou meu sonho de consumo! Simples assim!

Marcadores:








sexta-feira, 16 de março de 2012
Xô mosquitos!


  


Não tem  nada mais chato que você estar no meio de um churrasco e começar a ser importunada por insetos inconvenientes. Ou na cozinha, preparando uma carne deliciosa e eles lá...

Por isso decidi compartilar com vocês uma dica sensacional que minha amiga Ângela Azevedo postou no Facebook.

O post da Ângela está transcrito abaixo:


"Esta dica é ótima para quem fará as refeições ao ar livre, com uma Churrasqueira.
Cravos espetados em limão, afastam as moscas e os mosquitos.
Um repelente eficiente e barato.
Posso garantir que funciona mesmo.
O limão, quem diria, tão apreciado nas famosas Caipirinhas, não tem o mesmo prestígio entre as moscas e os mosquitos.
Aliado ao cravo, ajuda-nos a combater o Aedes Aegypt.
É um repelente de mosquitos O cravo-da-índia, espalhado por superfícies, é muito utilizado para afastar formigas.
Contra moscas e mosquitos era novidade, até que experimentei e fiquei admirado com os resultados.
Faça como na foto.
Enterre alguns Cravos em meio Limão.
Faça isso com 3 ou 4 limões e espalhe pela casa.
Mais uma arma para afastar os mosquitos e se prevenir contra a dengue, malária e outras doenças transmitidas por mosquitos.
Use também na geladeira para afastar maus odores. "


Descoberta feita por Margarete Camargo do Departamento de Fitossanidade da FCAV-UNESP



Marcadores:








domingo, 11 de março de 2012
Tempura - influência portuguesa no Japão





Influência portuguesa no Japão, levada por missionários, a palavra vem de têmporas, os dias de prece e jejum que se repetiam quatro vezes ao ano, segundo o calendário eclesiástico, durante os quais os portugueses se abstinham de carne e comiam camarões fritos, à maneira que os japoneses passaram a chamar de tempura.



Tempura (em japonês てんぷら ou 天麩羅, tenpura) é um prato clássico da culinária japonesa. Consiste de pedaços fritos de vegetais ou mariscos envoltos num polme* fino. A fritura é realizada em óleo muito quente, durante apenas cerca de dois ou três minutos.




A receita do tempura foi introduzida no Japão por missionários portugueses ativos particularmente na cidade de Nagasaki fundada igualmente por portugueses, durante o século XVI. A origem mais aceita hoje da palavra tempura baseia-se no fato que os Jesuítas não comiam carne vermelha durante a Quaresma, em latim "ad tempora quadragesimae", preferindo o consumo de vegetais e frutos do mar. 



Hoje em dia ainda existe um prato em Portugal muito semelhante à tempura, denominado peixinhos da horta, que consiste em pedaços de feijão-verde fritos envoltos num polme* geralmente mais espesso que o da tempura. Existem ainda algumas variações sobre este prato, usando tipos diferentes de legumes, tais como a abóbora.



Para essa famosa fritura japonesa pode-se usar praticamente qualquer vegetal que gostar, como berinjela, abobrinha, pimentão, cenoura,nabo, etc. E também frutos do mar, como camarão e lula cortada em fatias.



O grande segredo está na massa. Existem algumas variações sobre a mesma, mas uma coisa é consenso: a mesma deve ser frita em [oleo quente, estando ainda bem fria. Abaixo deixo duas receitinhas para serem testadas.




Receita I:
Ingredientes:



- 1 ovo.

- 1 xícara de água bem gelada.

- 2 xícaras de farinha de trigo.



Antes de inicar o processo de preparação da massa, leve bastante óleo ao fogo alto. Numa bacia, coloque o ovo e a água gelada mexendo rapidamente até dissolver o ovo. Junte a farinha e misture delicadamente sem bater a massa. Ela tem de ficar relativamente grossa e de preferência com alguns pedaços maiores.Mas não demore muito na preparação pois o grande ponto é a massa ir à fritura ainda gelada.

Se você for fazer bastante tempura,será interessante colocar a bacia da massa dentro de uma bacia maior com gelo dentro, para manter a massa gelada enquanto você vai fritando.

Verifique se o óleo está bem quente pingando uma gota de massa. Se voltar à superfície logo em seguida, está no ponto. Você pode fritar cada ingrediente separadamente ou uní-los com a massa numa mesma fritura.


Molho tempura
Ingredientes:



-1/3 xícara de shoyo (usukuchi shoyu)
-1 colher de sobremesa de hondashi
-1 xícara de água
-1 colher de sopa de gengibre ralado
-1/3 xícara de sake mirin

Modo de preparo:


Misture os ingredientes e reserve.




Receita IIIngredientes:


-1 ovo
-150ml de água gelada
-120g de farinha de trigo

Modo de preparo:


Num bowl coloque os ovos e junte a água gelada e 2 cubos de gelo, misture levemente com o garfo com algumas batidas, coloque toda a farinha de uma vez, trabalhe com um batedor misturando lentamente. Passar os legumes no creme, escorrer e fritar em óleo bem quente.



Molho para acompanhar o tempura


-2 copos de água
-½ pacote de hondashi (caldo de peixe em pó)
-2 colheres de sopa de shoyu
-1 xícara de café de saquê mirim
-1/4 xícara de chá de gengibre em pedaços
-Cebolinha

Modo de preparo

Ferva a água, coloque o hondashi e os demais ingredientes, deixe ferver por 3 minutos e desligue. Coloque cebolinha cortada em rodelas.



*Polme é uma preparação culinária utilizada na fritura de determinados alimentos. É uma massa de consistência mole, com a qual se envolvem os alimentos antes de os fritar.
Os seus ingredientes principais são a farinha de trigo e a água. A sua espessura pode variar, existindo polmes finos e polmes mais grossos, consoante a sua composição.
Pode ser utilizado, por exemplo, na preparação de peixe frito, pataniscas de bacalhau, peixinhos da horta ou tempura.
O seu nome deriva do vocábulo latino pulmentu, que significa polpa.
Pode também designar os preparados usados para confeccionar panquecas e crepes.





Marcadores: ,








terça-feira, 6 de março de 2012
Cãomida de Buteco











Que eu sou butequeira acho que todos por aqui já sabem.... Mas tenho uma outra grande paixão que acredito ainda não ter revelado por aqui: cães. Sou apaixonada por eles! Pra mim eles são melhores que gente. E luto e brigo por eles sempre que posso.

Depois que o meu grande, maior e melhor amigo se foi, me vejo a cada dia no dever de dar aos cães necessitados, abandonados, judiados, um pouco do muito amor que meu Rick me deu. Adotamos um novo membro na família, a Izabela.

E agora surgiu uma oportunidade incrível! Dois voluntários da Cãopartilhe estão organzando um evento para arrecadar fundos para a Ong. O  Cãomida de Buteco. Vou unir duas coisas que amo e trabalhar no evento!

Se você que passa por aqui gosta de uma comidinha de buteco e se sente feliz em fazer algo pelos peludinhos, venha participar deste evento!

Os cãezinhos agradecem!


Marcadores: ,








sábado, 3 de março de 2012
Um pouco sobre o Foie Gras





No decorrer dos séculos fabricou-se patês por diversos lugares do mundo e de diversos tipos: fígado, porco, lebre. No fim do século XVIII começaram a aparecer os patês de fígado de ganso. Em 1780 o Marquês de Contades, Governador da província de Alsace, confiou a seu cozinheiro Jean Pierre Clause, a realização de um jantar para hóspedes importantes.

Após uma noite de insônia, Jean Pierre teve a idéia de confeccionar uma crosta de casca redonda onde colocaria fígados gordos e inteiros e complementaria com um recheio de vitela e toucinho finamente fatiados. E nesse momento ele estaria criando o patê de Contades.

Após a revolução de 1789, Clause encontra Nicolas François Doyen, ex-cozinheiro do primeiro magistrado do Parlamento de Bordeaux, cuja família era originária do Périgord. Este último traz o toque final ao produto introduzindo a trufa no patê a contades, que se torna, então, o patê de fois gras de Strasbourg com trufas do Périgord.

Hoje, os patês mais apreciados no mundo são os preparados à base de fígado de ganso. O mais famoso deles é o foie gras, da região francesa do Perigord, principalmente se for aromatizado com trufas negras.

A fonte está aqui.

Marcadores: